Artwork

Το περιεχόμενο παρέχεται από το multimidiavillage. Όλο το περιεχόμενο podcast, συμπεριλαμβανομένων των επεισοδίων, των γραφικών και των περιγραφών podcast, μεταφορτώνεται και παρέχεται απευθείας από τον multimidiavillage ή τον συνεργάτη της πλατφόρμας podcast. Εάν πιστεύετε ότι κάποιος χρησιμοποιεί το έργο σας που προστατεύεται από πνευματικά δικαιώματα χωρίς την άδειά σας, μπορείτε να ακολουθήσετε τη διαδικασία που περιγράφεται εδώ https://el.player.fm/legal.
Player FM - Εφαρμογή podcast
Πηγαίνετε εκτός σύνδεσης με την εφαρμογή Player FM !

Descobertas fantásticas!

5:50
 
Μοίρασέ το
 

Manage episode 385682183 series 3259842
Το περιεχόμενο παρέχεται από το multimidiavillage. Όλο το περιεχόμενο podcast, συμπεριλαμβανομένων των επεισοδίων, των γραφικών και των περιγραφών podcast, μεταφορτώνεται και παρέχεται απευθείας από τον multimidiavillage ή τον συνεργάτη της πλατφόρμας podcast. Εάν πιστεύετε ότι κάποιος χρησιμοποιεί το έργο σας που προστατεύεται από πνευματικά δικαιώματα χωρίς την άδειά σας, μπορείτε να ακολουθήσετε τη διαδικασία που περιγράφεται εδώ https://el.player.fm/legal.

Às vezes parece que não há nada além de más notícias na batalha contra a crise climática. Estamos cheios de histórias sobre desmatamento, perda de biodiversidade e ecossistemas em declínio – tudo isso nos enche de medo e pavor. Mas recentemente, cientistas que pesquisam os corais do Oceano Pacífico Sul nos deram motivos para otimismo. Mergulhando nas águas da costa tropical do Taiti – que fica no meio do Oceano Pacífico Sul, entre a Austrália e a América do Sul - pesquisadores marinhos descobriram um dos maiores recifes de corais já encontrados. E, ao contrário de muitas de suas contrapartes, parece que ainda não está completamente afetado pela atividade humana. Embora ocupem apenas 0,1% do fundo do oceano, os recifes de coral abrigam um quarto de toda a vida marinha. Essas complexas redes aquáticas fornecem abrigo e alimento aos animais aquáticos marinhos, ao mesmo tempo em que protegem as costas do impacto de tempestades e ondas. [...] Quando você descobre corais que parecem ter passado pela atividade humana sem qualquer impacto, é simplesmente incrível. Mas nesse caso não há sinal de doença. Não há mortalidade. Ao contrário da maioria dos recifes de coral do mundo, que são encontrados em águas relativamente rasas, este é mais profundo - entre 35 e 70 metros. Isso dá esperança de que descobertas semelhantes possam estar em breve no horizonte. Dizemos agora que este recife é impressionante e achamos que é verdade, mas sabemos tão pouco sobre esta parte profunda do recife de coral - dizem os pesquisadores. Potencialmente, poderíamos descobrir centenas de locais como este. Só precisamos prosseguir com essa exploração nas partes mais profundas do recife. Explorar em tais profundidades representa um desafio para os pesquisadores. Quanto mais fundo um mergulhador vai debaixo d'água, menor a quantidade de tempo que pode ser gasto em cada profundidade. Equipados com tanques especiais, os especialistas marinhos completaram 200 horas de mergulho para estudar o recife, incluindo tirar fotos, medições e amostras. Certamente veremos mais dessas descobertas à medida que a tecnologia for aplicada a outros locais - dizem os oceanógrafos. Mas esses corais ainda são incomuns. Encontraremos mais desses, mas duvidamos que isso se torne uma coisa comum. Esta descoberta é um raio de sol em uma era sombria para os corais. Entre 2009 e 2018, 14% dos recifes do mundo foram destruídos, de acordo com um relatório de 2020 do Global Coral Reef Monitoring Project. Isso é resultado da pesca excessiva, poluição e mudanças climáticas - com o último instigando um fenômeno mortal conhecido como branqueamento. À medida que a temperatura do oceano aumenta, as algas simbióticas do coral ficam brancas - um processo que tem consequências terríveis para a vitalidade de todo o recife. [...] Com mais mergulhos planejados para os próximos meses, finalmente há esperança de que a era do declínio dos corais possa estar chegando ao fim - e uma nova era de descobertas pode estar se aproximando rapidamente.

Fontes (créditos):

https://www.euronews.com/green/2022/01/20/we-know-so-little-oceanographers-rejoice-after-pristine-coral-reef-discovery-in-tahiti

Imagem (créditos):

https://www.smithsonianmag.com/smart-news/researchers-find-a-pristine-coral-reef-off-the-coast-of-tahiti-180979471/#:~:text=Scientists%20have%20discovered%20a%20coral,reefs%20on%20record%2C%20per%20UNESCO.

Alex Rosenfeld/1 Ocean/UNESCO

--- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/multimidiavillage/message
  continue reading

161 επεισόδια

Artwork
iconΜοίρασέ το
 
Manage episode 385682183 series 3259842
Το περιεχόμενο παρέχεται από το multimidiavillage. Όλο το περιεχόμενο podcast, συμπεριλαμβανομένων των επεισοδίων, των γραφικών και των περιγραφών podcast, μεταφορτώνεται και παρέχεται απευθείας από τον multimidiavillage ή τον συνεργάτη της πλατφόρμας podcast. Εάν πιστεύετε ότι κάποιος χρησιμοποιεί το έργο σας που προστατεύεται από πνευματικά δικαιώματα χωρίς την άδειά σας, μπορείτε να ακολουθήσετε τη διαδικασία που περιγράφεται εδώ https://el.player.fm/legal.

Às vezes parece que não há nada além de más notícias na batalha contra a crise climática. Estamos cheios de histórias sobre desmatamento, perda de biodiversidade e ecossistemas em declínio – tudo isso nos enche de medo e pavor. Mas recentemente, cientistas que pesquisam os corais do Oceano Pacífico Sul nos deram motivos para otimismo. Mergulhando nas águas da costa tropical do Taiti – que fica no meio do Oceano Pacífico Sul, entre a Austrália e a América do Sul - pesquisadores marinhos descobriram um dos maiores recifes de corais já encontrados. E, ao contrário de muitas de suas contrapartes, parece que ainda não está completamente afetado pela atividade humana. Embora ocupem apenas 0,1% do fundo do oceano, os recifes de coral abrigam um quarto de toda a vida marinha. Essas complexas redes aquáticas fornecem abrigo e alimento aos animais aquáticos marinhos, ao mesmo tempo em que protegem as costas do impacto de tempestades e ondas. [...] Quando você descobre corais que parecem ter passado pela atividade humana sem qualquer impacto, é simplesmente incrível. Mas nesse caso não há sinal de doença. Não há mortalidade. Ao contrário da maioria dos recifes de coral do mundo, que são encontrados em águas relativamente rasas, este é mais profundo - entre 35 e 70 metros. Isso dá esperança de que descobertas semelhantes possam estar em breve no horizonte. Dizemos agora que este recife é impressionante e achamos que é verdade, mas sabemos tão pouco sobre esta parte profunda do recife de coral - dizem os pesquisadores. Potencialmente, poderíamos descobrir centenas de locais como este. Só precisamos prosseguir com essa exploração nas partes mais profundas do recife. Explorar em tais profundidades representa um desafio para os pesquisadores. Quanto mais fundo um mergulhador vai debaixo d'água, menor a quantidade de tempo que pode ser gasto em cada profundidade. Equipados com tanques especiais, os especialistas marinhos completaram 200 horas de mergulho para estudar o recife, incluindo tirar fotos, medições e amostras. Certamente veremos mais dessas descobertas à medida que a tecnologia for aplicada a outros locais - dizem os oceanógrafos. Mas esses corais ainda são incomuns. Encontraremos mais desses, mas duvidamos que isso se torne uma coisa comum. Esta descoberta é um raio de sol em uma era sombria para os corais. Entre 2009 e 2018, 14% dos recifes do mundo foram destruídos, de acordo com um relatório de 2020 do Global Coral Reef Monitoring Project. Isso é resultado da pesca excessiva, poluição e mudanças climáticas - com o último instigando um fenômeno mortal conhecido como branqueamento. À medida que a temperatura do oceano aumenta, as algas simbióticas do coral ficam brancas - um processo que tem consequências terríveis para a vitalidade de todo o recife. [...] Com mais mergulhos planejados para os próximos meses, finalmente há esperança de que a era do declínio dos corais possa estar chegando ao fim - e uma nova era de descobertas pode estar se aproximando rapidamente.

Fontes (créditos):

https://www.euronews.com/green/2022/01/20/we-know-so-little-oceanographers-rejoice-after-pristine-coral-reef-discovery-in-tahiti

Imagem (créditos):

https://www.smithsonianmag.com/smart-news/researchers-find-a-pristine-coral-reef-off-the-coast-of-tahiti-180979471/#:~:text=Scientists%20have%20discovered%20a%20coral,reefs%20on%20record%2C%20per%20UNESCO.

Alex Rosenfeld/1 Ocean/UNESCO

--- Send in a voice message: https://podcasters.spotify.com/pod/show/multimidiavillage/message
  continue reading

161 επεισόδια

Όλα τα επεισόδια

×
 
Loading …

Καλώς ήλθατε στο Player FM!

Το FM Player σαρώνει τον ιστό για podcasts υψηλής ποιότητας για να απολαύσετε αυτή τη στιγμή. Είναι η καλύτερη εφαρμογή podcast και λειτουργεί σε Android, iPhone και στον ιστό. Εγγραφή για συγχρονισμό συνδρομών σε όλες τις συσκευές.

 

Οδηγός γρήγορης αναφοράς